Sagrado Coração

Ainda que adormecido,
O amor não morreu,
Ecoou em nossos peitos,
E então reapareceu.

Por causa do amor à nação-mãe,
Que traz a esperança aos cidadãos,
E refez o país perdido,
Tu, Sagrado Coração,
Simbolizas nossa terra,
A mais nova antiga nação.

Renato Nunes Bastos
08/10/2002

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

A Nova Krull's HomePage