Kindle

Quando li que, depois que você tem um Kindle, você lê muito mais, sua velocidade de leitura aumenta, etc, cheguei a duvidar. Até ter um. É. Agora tenho um, e agora eu leio beeeeem mais – no momento, lendo uma montanha de e-book que eu já tinha, mais um outro bando que sempre quis ler e estão lá no DominioPublico ou sites como o Gutenberg, Manybooks, etc, e até então não tinha lido.

Ainda não tive a experiência de COMPRAR um e-book e jogar lá pra dentro – e já sei que, comprando em sites como Cultura ou Saraiva, vou ter que fazer uma bela acrobacia para “desproteger” o arquivo que comprei, para poder jogar para dentro do Kindle – mas também ainda tenho tanto livro em papel para ler, mais uma quantidade quase infinita de livros eletrônicos “free” que me interesso de ler, sem contar outros tantos periódicos, revistas, etc, que recebo já em PDF, que, sei não… acho que vai demorar até aparecer um livro novo (e que eu dê “sorte” de sair em formato eletrônico) que eu vá comprar para colocar lá dentro.

Uma coisa chata que acontece aqui no Brasil é o fato de as editoras “fugirem” da Amazon (aí a gente tem que fazer malabarismos com os arquivos se quisermos ler num leitor “decente”, ao invés de ler em tablets). Como a Amazon pretende instalar uma loja virtual “brasileira” até o fim do ano, imagino que as coisas devem mudar. Espero que apareçam mais (e melhores) livros em Português, etc. Porque, cá entre nós: a leitura em e-paper e muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito mais confortável que qualquer tela “luminosa”. É, realmente, praticamente igual a olhar para uma folha de papel… e vai chegar uma hora que vou cansar de ler livros antigos. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *