Escrever

Dizem que se eu vier aqui todo dia e escrever qualquer coisa, eu passo a escrever mais e melhor. E o mais curioso é que nem precisa fazer sentido. Simplesmente eu deveria entrar e sair escrevendo. As coisas devem brotar assim, do nada, da mente, dos dedos… Será que rola? Vou tentar.

Ops. Já faltou assunto. E agora? Saio digitando a esmo? Vamos ver… hoje é dia de quê?… Aaaahh! Dia dos namorados!… OK! Então tá!

FELIZ DIA DOS NAMORADOS, queridos leitores – de preferência aos que têm namorado…

E para os que não têm? Ah… bom… Sei lá… “Não desistam” seria um bom conselho? E tem também aqueles que nem querem ter um namorado. Pra esse caso, prefiro dizer “então hoje não é dia de nada, e aproveite mais um dia que Deus lhe deu!”
🙂

Poxa, mas aí o post continuou curtinho. Droga. E agora? Fazer piada? Pode ser com o dia dos namorados? Tem gente que diz que hoje é o dia que Santo Antônio tem mais trabalho, com um bando de solteirona atrás do menino Jesus, e por aí vai. E eu achando que seria o dia que ele ia ficar mais tranquilo, sem ter que carregar o nenem!… E dá-lhe superstição…

Pro falar em namorado, lembrei da PresidentA do Brasil. Se fôssemos levar as flexões gramaticais de gênero ao extremo como ela faz, deveríamos supor que hoje só os homens vão ganhar presente… não é dia “das namoradas”… 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *