Telemarketing

– Alô?
– Alô, bom dia, é o senhor Renato?
– Sim, eu mesmo…
– Aqui é do Itaú Unibanco, gostaríamos de estar lhe oferencendo um Itaucard sem nenhuma necessidade de comprovação de renda, podemos falar agora?
– Opa! Tudo bem!
– Me confirma alguns dados: seu nome é XXXXXX?
– Isso!
– Seu CPF é esse XXXXX?
– Perfeito!
– O nome da sua mãe é XXXXx?
– Exato…
– O do seu pai é XXXXXYYYYYZZZ?
– Certo!
– Obrigado! Qual é a sua renda mensal?
– Click! TU-TU-TU-TU-TU-TU-TU-TU-TU-TU-TU-TU-TU…

Ei, Itaú, vamos ser mais coerentes e menos mentirosos?
E que tal também não me perguntar o que vocês já sabem? Isso inclui a última pergunta. Não tem nem 1 mês que enviei meu recadastramento no Investshop com esses dados!

EU NÃO QUERO MAIS UM CARTÃO DE CRÉDITO! NÃO ME ENCHAM!

2 ideias sobre “Telemarketing”

  1. Normalmente eu paro quando me perguntam o endereço. O foda é que normalmente eu não desligo, fico tentando explicar que, não, eu não quero outro cartão.

    “Mas como assim não quero nosso super-hiper-mega-master-blaster cartão ultra plus com benefícios e sem custos?”. Eu já tenho. “Mas esse é mais mega power blaster que o seu, e sem anuidade”. Mas eu não pago anuidade. “Não existe isso de não cobrarem nada, há sempre uma taxa embutida”. Obrigado pela sinceridade.

    Mas da última vez eu desliguei sim. E vai ser assim agora.

  2. E as empresas de telemarketing que começaram a me seguir no Twitter, depois desse post, só porque leram a palavra “telemarketing” no post/tweet? HAHAHAHAHAHAHHAHAHA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *